loader

Tratado das Cousas da China-De Frei Gaspar da Cruz

  • Tratado das Cousas da China-De Frei Gaspar da Cruz
  • Tratado das Cousas da China-De Frei Gaspar da Cruz

Tratado das Cousas da China-De Frei Gaspar da Cruz

10 €
  • REF: 0309393

Sinopse
Escrito por Frei Gaspar da Cruz OP (Évora, 1520 - Setúbal, 5 de fevereiro de 1570] e publicado em Évora por André de Burgos, o Tratado em que se contam muito por extenso as cousas da China com suas particularidades e assi do Reino d’Ormuz (1569-1570) é, tanto quanto hoje se sabe, o primeiro texto impresso integralmente dedicado ao “Celeste Império”. Produto do conhecimento e leitura de fontes anteriores, mas também da experiência do missionário dominicano, numa estadia de algumas semanas em Cantão, o texto descreve, com pormenor e fascínio, a organização de um país admirável pela “multidão de gente, em grandeza de reino, em excelência de polícia e governo, e em abundância de possessões e riquezas”, espelhando a curiosidade humanista pela diversidade de costumes e pelo “inventário” do mundo.

Sobre o(s) autor(es)
Luís Fardilha: Professor Auxiliar da Faculdade de Letras da Universidade do Porto. A sua investigação principal centra-se na História da Literatura e da Cultura Portuguesas da época do Renascimento, interessando-se, ainda, pelas temáticas da literatura de espiritualidade e da história do livro e da leitura. Tem publicado diversos trabalhos nestes domínios, com destaque para o estudo A Nobreza das Letras: os Sás de Meneses e o Renascimento Português (Lisboa, FCG/FCT, 2008) e para a edição da poesia profana de D. Manuel de Portugal (Porto, ICP/FLUP, 1991). Em 2016, em colaboração com Maria de Lurdes Correia Fernandes, publicou o Roteiro da Primeira Viagem de Vasco da Gama à Índia, 1497-1499 / Journal of the First Voyage of Vasco da Gama to India, 1497-1499 (Porto, Câmara do Porto/U.Porto Edições/Fundação Eng. António Almeida). É investigador do CITCEM, onde coordena o Grupo de Investigação “Sociabilidades e Práticas Religiosas” e dirige a revista científica Via Spiritus. Zulmira Santos: Professora Catedrática da Universidade do Porto (Faculdade de Letras (FLUP)). Foi Presidente do Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos (2007-2010), diretora do Ciclo de Estudos “Doutoramento em Literaturas e Culturas Românicas” (2009-14), Coordenadora Científica do Centro Interuniversitário de História da Espiritualidade (2004-2007), unidade de I&D n.º 24 da FCT, hoje integrado no CITCEM (Centro Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória). Foi, até março de 2017, investigadora responsável do GI “Sociabilidades, práticas e formas do sentimento religioso” do CITCEM. Doutora em Literatura e Cultura Portuguesas, tem como principal área de investigação a literatura e cultura portuguesas dos sécs. XVI-XVIII e muito especialmente a prosa de ficção da Época Moderna, teoria literária (sécs. XVI-XVIII), práticas de escrita das ordens religiosas (sécs XVI-XVIII), “literatura de viagens”, história do livro e da leitura (sécs. XVI-XVII).

Luís Fardilha e Zulmira Santos

Nº de páginas: 203
Dimensões : 180 x 130 mm
Peso: 221g
Capa mole

Produtos U.Porto Edições

12 €
12 €